Redução de custos: 8 medidas eficientes para sua empresa

Redução de custos

Nos últimos meses, sua empresa adotou um bom planejamento de vendas, mas, os custos não diminuíram, pelo contrário, continuam em alta? Ou seu negócio tem sido bastante afetado pela crise econômica que estamos vivendo em decorrência da pandemia do Covid-19, e é preciso reduzir os gastos? Então, é hora de planejar uma estratégia de redução de custos para alavancar seus negócios.

Mas, antes é preciso ter em mente, que a redução de custos não precisa ser uma ação dolorosa para empresa. Na verdade, é apenas uma uma abordagem corretiva que seu negócio pode adotar para eliminar as despesas ao máximo, além de que, ela pode ser uma grande aliada da produtividade e lucro do seu negócio.

Para fazer a redução de custos na empresa, é importante conhecer sua atual gestão de custo. Ou seja, é preciso compreender quais os custos do negócio, como eles são formados e quais são indispensáveis para que a empresa continue funcionando.

Quer saber como fazer uma boa redução de custos para sua empresa? Continue nos acompanhando neste post. Separamos 8 medidas eficientes para ajudar qualquer negócio durante o processo. Confira.

Tenha em mente quais são seus custos atualmente

Para planejar uma redução de custos para sua empresa, é fundamental colocar no papel, todos os seus gastos, ou seja, suas despesas, custos e até mesmo, suas perdas. Mas, antes, é preciso entender a diferença entre estes três conceitos.

As despesas são os gastos ligados à gestão, aquilo que mantém a empresa funcionando, mas não melhora sua receita, nem eleva a produção, por exemplo, material de escritório, aluguéis, salários da administração, etc.

Os custos, por sua vez, referem-se aos gastos voltados para produção e/ou prestação de serviços, e estão ligados à entrega do seu produto ou serviço final. Eles podem ser fixos, ou seja, não depende da produção da produção ou variáveis, mudam de acordo com a produção. Aqui, entram, valores de mão-de-obra, ferramentas, equipamentos, matéria-prima, dentre outros. 

Por último, temos as perdas, ou seja, aqueles valores que sua empresa investiu, que não acarretará em benefícios para o negócio.

Avalie redução de gastos com contas fixas

Água, energia, telefonia e internet são contas fixas, que impactam diretamente no orçamento da empresa ao final do mês. É fato que eles são essenciais para manter seu negócio funcionando, mas, nem por isso, precisam ter valores elevados. Existem algumas pequenas atitudes que sua empresa pode adotar para reduzir o impacto destes custos.

Em relação a telefonia e internet, uma dica é fazer uma pesquisa de mercado, buscar orçamentos diferentes, e migrar para um plano que seja mais barato. Planos corporativos são uma ótima opção para o negócio. 

Outra dica para diminuir gastos com telefonemas, é utilizar a tecnologia a seu favor, existem aplicativos gratuitos para atendimento ao cliente, como o próprio WhatsApp. Além dele, sua empresa pode utilizar Telegram, Skype, e as próprias ferramentas do Google.

Leia também  Jornada do cliente: tudo que você precisa saber

Quanto à água e energia, dá para diminuir os valores desta conta, com simples ações, como desligar aparelhos que não estejam em uso; instalando sensores de ambiente, daqueles que a luz acende automaticamente quando tem alguém no cômodo; trocando as torneiras e descargas por modelos econômicos; troca de lâmpadas antigas pelas de LED ou fluorescentes, que são mais em conta. 

Com a adoção das medidas citadas, sua empresa terá uma redução de custo,  com um investimento pequeno, e sem grandes alterações na entrega do produto ou serviço final ao cliente.

Análise dos processos da empresa

Faça um mapeamento e análise de processos internos e externos para identificar, aqueles que atrapalham o bom andamento do negócio e dos colaboradores, e, que, resultam em prejuízos e perda de receita para a empresa. Isto acontece porque tais procedimentos podem ser lentos, difíceis de trabalhar ou mesmo, muito burocráticos.

Verifique, portanto, quanto tempo os funcionários gastam lidando com tais processos e quais funções eles desempenham. Ainda dentro desta análise, avalie se existem formas de tornar os processos mais eficientes. 

Neste quesito, investir em tecnologia pode ser uma boa opção para seu negócio, já que deixará os processos otimizados e os colaboradores terão mais tempo livre para investir em outras demandas, mais produtivas para a empresa.

Estabelecimento do home office para redução de custos


Outra dica para a redução de custos em uma empresa é o estabelecimento do home office, uma modalidade que vem sendo bastante praticada no último ano, por causa da pandemia do Covid-19. 

Muitas empresas precisaram migrar para este modelo de produção, e tem dado tão certo para algumas companhias que já até estabeleceram o home office como regime fixo de trabalho.

Com o estabelecimento do regime home office, os gastos diminuem. Isto porque, as contas fixas com energia, água, telefone e internet ficam mais baratas, ou deixam de existir. O aluguel do escritório, por exemplo, um gasto, relativamente alto no orçamento, que não traz nenhum retorno para empresa, é eliminado das despesas finais.

Ah, além disto, hoje existem diversas soluções tecnológicas, que permitem que as equipes conversem e acompanhem todos os projetos e processos em andamento, de maneira remota.

Repense ou negocie com fornecedores

Outra medida eficiente de redução de custos é repensar os seus fornecedores, e se for o caso, trocá-los. Para isto, é preciso avaliar se sua empresa está mantendo aquele contrato apenas porque já tem tempo que ele está em vigor, ou se, realmente é porque ele tem bons preços e é vantajoso para seu negócio.

Se avaliar que o fornecedor não está lhe atendendo bem,procure por novos fornecedores, com preços mais em conta no mercado. E, se isto não for possível, converse com o seu fornecedor e tente negociar um preço mais em conta.

Outra opção é pressionar o fornecedor, dizendo que alguns concorrentes lhe procuram com preços menores ou prazos maiores para entrega de serviço,e que, se ele não conseguir cumprir a oferta, pode acabar trocando seus serviços pela da concorrência.

Leia também  Conheça os indicadores de produtividade do Auvo!

Verifique seu estoque 

Sua empresa tem muitos produtos parados em estoque? Se a resposta para a pergunta foi sim, saiba que estoque parado é um problema para a gestão de seus custos. Contudo, existem algumas práticas que podem ser adotadas a fim de resolver esta questão.

A primeira solução é diminuir, ou parar, a produção dos itens que estejam em grande quantidade. Lembre-se que, o estoque parado resulta em perdas de finanças, já que os produtos podem estragar com o tempo, além de ocupar espaços, que poderiam estar ocupados com outras mercadorias, que saem com mais frequência.

Outra solução é evitar fazer grandes compras, por receio de precisar de algo que está em falta no estoque. Isto porque, existe uma certa rotatividade no mercado, e alguns produtos podem sair de linha rapidamente, e ficaram “presos” em seu estoque.

Para te ajudar a manter o estoque organizado e evitar que produtos fiquem parados ali, por muito tempo, invista em tecnologias que ajudem a empresa a manter o controle.

Um bom planejamento de redução de custos é essencial

Planejar é um dos passos essenciais para que a redução de custos seja eficiente. Por isto, antes de adotar qualquer uma das medidas, que já abordamos no decorrer deste post, faça um bom planejamento. 

Dentro do planejamento de redução de custos, é preciso estipular as metas das empresas, o prazo necessário para cumpri-las, além de traçar os objetivos e alinhar as estratégias que a empresa irá usar para diminuir os gastos.

Ah, e não se esqueça de colocar o plano financeiro no planejamento, lembrando de incluir despesas futuras e possíveis quedas no caixa.

Invista em tecnologia para redução de custos

Por fim, uma medida eficaz para a redução de custos em uma empresa é o investimento em tecnologias que otimizem os processos de trabalho, sejam operacionais, administrativos, financeiros ou de gestão de pessoal. 

Ao investir em soluções tecnológicas, os colaboradores focam em demandas realmente estratégicas, e não ficam presos a atividades rotineiras e repetitivas, que acarretam em diminuição de produtividade.

Como vimos, a adoção de algumas medidas, como negociação com fornecedores, diminuição de gastos com contas fixas, planejamento estratégico e gerenciamento de estoque são eficazes na redução de gastos. E, temos uma boa solução para te ajudar neste caso, o Auvo, software completo para prestadores de serviço.

O Auvo é um software que auxilia no controle de sua equipe externa. Por meio dele, é possível localizar os colaboradores em tempo real, planejar e gerenciar atividades com mais agilidade, fazer a gestão de estoques e orçamento, acompanhar a performance da equipe, além de criar relatórios de execução.

Gostou do nosso artigo e quer implantar as medidas em sua empresa? Então, acesse o site Auvo e faça um teste gratuito do software.

0 Shares:

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.