PCM: o que é e por que ele é importante

pcm - manutenção, planejamento e controle

Diminuir riscos e falhas, aumentar a produtividade e a organização da equipe, são os principais objetivos de uma boa gestão da manutenção. Mas para que o sucesso da gestão ocorra, é necessário haver um bom planejamento. É aí que entra o PCM ou Planejamento e Controle da Manutenção. 

O setor de manutenção está sempre em evidência na indústria e todo e qualquer detalhe faz toda diferença. Por isso, planejar ações é tão importante quanto executá-las e realizar um bom planejamento é fundamental para traçar ações e resolver problemas na indústria, até mesmo os pequenos. 

Realizar o PCM na indústria trará grandes resultados para a empresa, que ganhará com mais organização e produtividade. Neste artigo falaremos sobre a importância do PCM e como aplicá-lo na sua empresa. 

O que é PCM?

PCM é a sigla para Planejamento e Controle da Manutenção, uma área estratégica na empresa. O PCM é uma área dentro do setor de manutenção e deve andar em conjunto com o setor, pois serve como apoio estratégico para as atividades do setor de manutenção. 

Com a alta competitividade do setor, é necessário se especializar cada vez mais, prestando um serviço ágil e de qualidade, que preza pela segurança não apenas da empresa, mais também dos colaboradores. A manutenção deixou de ser apenas uma simples atividade de trocar peças e lubrificar equipamentos, ela é uma parte fundamental da empresa e o seu funcionamento é primordial para o bom funcionamento da empresa e da produtividade dos colaboradores.

O setor de PCM pode ser considerado como uma das partes mais estratégicas da manutenção, pois é responsável pelo controle e gestão das atividades. Todos os dados relativos à manutenção são administrados pelo PCM, tais como, custos, controle de equipe, tempo de manutenção, estado dos equipamentos, índices, periodicidade de falhas e etc. 

Para que serve o PCM?

O setor de Planejamento e Controle de Manutenção serve para garantir e elevar a confiabilidade e disponibilidade dos ativos que garantem a produtividade de todos os recursos utilizados para a manutenção. O PCM deve definir as melhores estratégias para alocar os principais recursos do setor de manutenção, que são: mão de obra, tempo e recursos financeiros. O resultado do bom emprego dos três principais fatores para a boa execução do PCM elevarão os índices de confiabilidade e disponibilidade dos ativos. 

Os procedimentos para aplicação do PCM

Cada empresa tem os seus próprios procedimentos e características e com a aplicação do PCM isso não será diferente. Por isso, é impossível determinar um passo a passo único que funcionará para todo tipo de empresa. No entanto, é possível determinar certas práticas que poderão ser utilizadas em várias situações. 

Lembra do plano de manutenção? Já falamos dele por aqui e agora você deve agarrá-lo e cumprir todas as exigências ali colocadas. Os procedimentos para aplicação do PCM se dividem entre as partes estratégicas, táticas, administrativas e técnicas de manutenção. O PCM garante que o setor da manutenção entregue suas tarefas de forma prática, trazendo mais eficiência para a empresa.

  1. Estabeleça um cronograma: Para aplicar o PCM na empresa o ideal é estabelecer um cronograma de atividades. O ideal é começar coletando informações sobre a linha de produção, é importante saber quais os recursos disponíveis, a capacidade produtiva e o estado dos equipamentos. Após coletar tais informações, considere os prazos e tenha cuidado para não oferecer algo que não está ao alcance da sua gestão, como por exemplo, estabelecer prazos muito curtos para entrega do serviço ou um ritmo de trabalho muito árduo, que não condiz com a produção e que provavelmente trará problemas com os colaboradores. 
  1. Programe as paradas: As paradas não programadas afetam a produtividade da equipe e a qualidade da produção industrial. E a falta de planejamento é o principal problema, por isso, programar a sua rotina é fundamental para a boa execução do PCM. Crie uma previsão de datas, organize a equipe, monte escalas e facilite ao máximo a comunicação entre os colaboradores para evitar problemas. Lembre-se, uma boa comunicação é fundamental para a execução das atividades em qualquer empresa.
  1. Crie instruções de serviço: Descreva os processos que são realizados pela equipe de manutenção e informe todos os dados e o passo a passo de todos os procedimentos a serem realizados, tais como: limpeza, manutenção de máquinas, troca de peças, lubrificação e etc.
  1. Planeje os recursos: Planejar os recursos é fundamental para executar todas as fases dos procedimentos para o PCM. Para que isso ocorra, você deverá organizar todos os recursos, financeiros, materiais e a mão de obra disponíveis. Neste item, programar as compras e o gerenciamento de estoque farão toda a diferença para o PCM. 
  1. Acompanhamento: Acompanhar o desempenho da manutenção fará toda a diferença para a execução das ações planejadas. Muitos gestores não se preocupam em acompanhar sua equipe de manutenção e isso pode acarretar em muitos problemas, dando espaço para falhas acontecerem. 
  1. Instrumentação: Aborda a coleta de dados contínua ou seja, o acompanhamento só é efetivado quando você analisa os resultados e faz um planejamento preditivo e acumulativo, considerando as seguintes informações: tempo de trabalho da máquina, quantidade de produção, pressão, temperatura e vibração.

Os benefícios 

  1. Otimização dos recursos: Parece óbvio, mais o principal benefício do PCM é a otimização de recursos. Ou seja, a redução de despesas, que nem sempre é algo fácil quando se trata do setor de manutenção. Afinal, não é possível diminuir as despesas e não pensar na qualidade. Por mais que os recursos sejam diminuídos, não pode haver queda na qualidade da manutenção prestada e isso é algo muito difícil de ser realizado, principalmente sem o PCM. 

O PCM amplia a visão da empresa e o seu campo de atuação, fornecendo informações essenciais para a tomada de decisões. Com isso, é possível evitar o consumo exagerado e o desperdício de materiais. 

  1. Diminuição das paradas: Uma paralisação inesperada da linha de produção gera inúmeras consequências. Pode colocar o prazo de entrega em risco, além de deixar os trabalhadores ociosos e isso demonstra uma total falta de preparo do time de manutenção. O PCM aumenta a disponibilidade das máquinas, aumentando a produtividade e consequentemente as vendas. 

E agora?

Agora que você já sabe tudo sobre o PCM e o quanto ele é importante para a sua empresa, é possível imaginar quantos benefícios o setor de manutenção terá com a sua implantação. O PCM tem início e nunca fim. Ele exige muita atenção e dedicação por parte do gestor e de toda a equipe de manutenção envolvida. É necessário que haja muito acompanhamento  para encontrar a melhor aplicação das tarefas a serem desenvolvidas.

Se você chegou até aqui, viu o quanto é importante desenvolver o PCM e um software de manutenção só irá ajudar a sua empresa a implementá-lo de forma ágil e rápida. Para que isso aconteça, conte com o Auvo. Oferecemos soluções para melhorar a rotina de trabalho da equipe de manutenção e facilitar o seu dia-a-dia. 

O nosso software reúne todas as informações necessárias dando agilidade para a equipe na execução das tarefas de manutenção e você só tem a ganhar! Entre em contato conosco, faça um teste grátis e conheça mais sobre a nossa plataforma. 

2 Shares:

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.