Manutenção preditiva: implemente em 5 passos

Se você é daqueles gestores, que a cada vez que procura sobre manutenção preditiva encontra inúmeras respostas, mas não sabe qual seguir, este artigo é a resposta definitiva para você. 

Como você já sabe, a decisão de implantar a manutenção preditiva no seu negócio, é um passo muito importante para o seu desenvolvimento. Existem muitas teorias de como aplicar a manutenção preditiva, porém, poucas são de fato práticas. Por isso, selecionamos dicas valiosas para colocar esse desafio em prática e avançar o patamar em relação ao mercado e a concorrência.

Recapitulando… O que é e para que serve a manutenção preditiva?

A manutenção preditiva é um tipo de manutenção que tem como principal objetivo detectar as necessidades de manutenção antes que elas ocorram. Com ela, é possível prever o possível momento de falha e realizar a devida manutenção do equipamento. Desse modo, não ocorre interferência no processo produtivo da empresa. 

Quais as suas principais vantagens?

  • Diminuição na ocorrência de falhas inesperadas;
  • Redução de manutenções emergenciais, que possuem um custo muito mais elevado em relação ao custo da manutenção preditiva; 
  • Diminuição no custo com inspeções;
  • Melhoria nos processos de gestão;
  • Aumento da produtividade da equipe;

Quando implantar a manutenção preditiva?

O cenário de concorrência atual exige maior disponibilidade e confiabilidade das máquinas industriais. Também é necessário zelar pela segurança dos colaboradores, próprios ou terceiros, atuando no chão da fábrica. Assim, pode ser obtida uma produção sem refugos, sem interrupções e sem danos ao meio ambiente. O aumento da vida útil do maquinário e melhores margens de lucro serão uma consequência.

Para isso, é preciso levar em consideração 3 fatores principais, são eles:

  1. Criticidade dos ativos: Estabelecendo a criticidade dos ativos em uso. Ela é a combinação da gravidade das consequências de uma falha em uma máquina com a probabilidade de que esse evento ocorra. Em outras palavras, se traduz em riscos de não atender pedidos e da potencial perda de faturamento para o negócio em caso de falha do equipamento. Para estabelecer a criticidade de ativos, estes devem estar devidamente inventariados e com a sua respectiva descrição da condição atual.
  2. Priorizando estratégias: Preservar a função de um sistema operacional é o mesmo que dizer que a linha de produção, o maquinário crítico, deve estar disponível e confiável, para entregar a produção aos clientes dentro do prazo acordado.
  3. Boa gestão de ativos: O processo de melhoria em qualquer empresa deve ser contínuo e pode sim ser feito em etapas. Não há como implantar as melhorias de processo, se não houver o comprometimento da gestão e da equipe de manutenção. Para manter sua empresa competitiva, os objetivos e a estratégia de manutenção escolhida devem estar alinhados com os do planejamento estratégico do gestor. 

Como implementar a manutenção preditiva – Passo a passo:

#Passo 1 – Invista em equipamentos

Para realizar a manutenção preditiva de forma mais precisa possível, é necessário investir em equipamentos eficazes, capaz de detectar informações sobre a máquina analisada. Os sensores realizam essa análise, pois quando instalados, possibilitam a coleta do registro de atividades de cada equipamento. 

Após análise, é possível conhecer mais sobre o equipamento, determinar parâmetros e coletas de dados. É a partir dessa coleta que o gestor saberá o tempo médio entre as manutenções. 

#Passo 2 – Coleta de dados

A manutenção preditiva auxilia a coletar informações detalhadas sobre o equipamento analisado. Para isso, é necessário ter equipamentos eficazes para esse detalhamento e também, uma análise precisa sobre as informações acessadas, que levarão a possível data prevista de falha.

#Passo 3 – Boa equipe de manutenção

Uma boa equipe faz toda diferença em qualquer empresa. Imagine só, na prestação de serviços! É necessário investir em colaboradores alinhados, preparados e muito bem treinados para garantir que a implantação da manutenção preditiva seja um sucesso,. Sem dúvidas, uma equipe de manutenção que esteja de acordo com as iniciativas da empresa e do gestor, faz toda a diferença no sucesso da implantação da manutenção preditiva. 

Realizar uma boa gestão de equipes é fundamental neste processo. Por isso, é importante garantir um pessoal que conheça técnicas e ferramentas que possam auxiliar no desenvolvimento das metodologias escolhidas.

É muito importante que o profissional tenha amplo conhecimento e vasto entendimento sobre as técnicas e ferramentas a serem utilizadas. Assim, a prestação de serviços acontece com mais precisão e a empresa ganha lucratividade com o aumento da produtividade da equipe. 

#Passo 4 – Processos/Etapas

A manutenção preditiva não pode ser implantada com pressa ou sem planejamento. Ela deve ser implementada por etapas, respeitando o processo da empresa, de acordo com o tipo de manutenção. A melhor maneira, é investir gradualmente em ferramentas que facilitem este processo e observando quais obteve mais sucesso e quais não foram tão precisas. 

Isso significa que, é necessário avaliar com atenção todas as necessidades de adequação e mudança, caso forem necessárias. 

#Passo 5 – Estabeleça metas reais

Como gestor, você precisa estar preparado para qualquer eventualidade. Por isso, por mais que a manutenção preditiva seja atrativa e prometa uma redução efetiva nos custos com manutenção, é necessário estabelecer metas reais e precisas, de acordo com a evolução da implantação na empresa. 

Lembre-se, neste processo, o que mais importa é a análise. Os seus objetivos podem mudar de acordo com a entrega e o desempenho do equipamento, por isso, é necessário estar sempre atento a novas mudanças e possibilidades.

Conclusão

Obrigado por chegar até aqui. Esperamos que este artigo tenha esclarecido suas dúvidas sobre a implantação da manutenção preditiva e te fornecido condições reais e palpáveis de implantá-la em seu negócio. 

Todos os passos são importantes para a implantação da manutenção preditiva, mas, com a automação, tudo isso pode se tornar ainda mais rápido e fácil na sua rotina. Com o Auvo, é possível realizar análises que facilitarão o processo de decisão e o dia-a-dia da sua equipe de manutenção. Se você ainda não conhece o nosso software, convidamos você, a fazer um teste grátis agora mesmo. Clique aqui e saiba mais.

0 Shares:

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.