Manutenção elétrica predial: entenda o que é

manutenção elétrica predial

Embora seja menos popular do que outras categorias de manutenção, a manutenção elétrica predial é igualmente importante para garantir a segurança e bom funcionamento dos imóveis.

Quando falamos sobre assistências essenciais em larga escala, é comum que as pessoas pensem apenas na manutenção elétrica industrial.

No entanto, outras propriedades coletivas também devem contar com monitoramento regular, tornando essa prática essencial para o dia a dia.

Por isso, para realizar uma manutenção elétrica predial eficiente e entender a verdadeira importância dessa atividade, confira o guia que nós preparamos com tudo que você precisa saber sobre o assunto.

Continue com a gente para entender:

O que é manutenção elétrica predial?

Basicamente, a manutenção elétrica predial se refere às práticas de monitoramento, revisão e reparos necessários aos sistemas elétricos de prédios em geral.

Como o nome indica, essa categoria possui técnicas voltadas especificamente para esse tipo de imóvel, por conta das características que ele apresenta.

A princípio, ela pode ser aplicada em propriedades como:

  • Condomínios;
  • Prédios comerciais;
  • Prédios residenciais;
  • Shopping Center;

Além disso, ela também engloba outras categorias de manutenção, como a preventiva e a corretiva. 

Ou seja, trata-se das atividades voltadas para manutenção de prédios, mas que também consideram outras necessidades, como o monitoramento regular dos sistemas e equipamentos, e eventuais consertos, quando necessário.

Dessa forma, a manutenção elétrica predial é uma prática completa, que busca proporcionar o pleno funcionamento dos componentes elétricos, e também aumentar a segurança da propriedade.

Qual a importância da manutenção elétrica predial?

Cada manutenção possui a sua própria importância e necessidade, seja qual for sua área de atuação.

Por exemplo, a manutenção elétrica industrial é imprescindível para garantir uma produção eficiente e segura nas empresas. Enquanto isso, a manutenção elétrica residencial cuida para que casas e imóveis familiares estejam devidamente operacionais.

O mesmo se aplica para a manutenção elétrica predial, mas de forma ainda mais urgente.

Isso porque trata-se do monitoramento e revisões em propriedades que contam com um número maior de pessoas, como em condomínios ou shoppings.

Consequentemente, eles contam com um número superior de sistemas em funcionamento e demandas de uso.

Leia também  Manutenção preditiva, tudo que você deve saber

Sem uma manutenção adequada, isso pode levar a inúmeros acidentes e falhas perigosas, que podem colocar a vida dos moradores, visitantes e outras pessoas em risco.

Além disso, grande parte dos prédios possuem uma construção antiga, ou seja, instalações antigas. 

Nesse caso, esse tipo de manutenção é fundamental para acompanhar o funcionamento desses sistemas, e garantir que não haja nenhum curto.

Por fim, essa manutenção também é responsável pela redução de custos e outros contratempos econômicos. Afinal, a substituição de componentes em prédios é feita em maior escala, o que representa mais gastos.

Quais as responsabilidades da manutenção elétrica predial?

Depois de conhecer mais sobre o que é manutenção elétrica predial, e qual a sua importância, muitas pessoas podem ter dúvidas se realmente necessitam contratar profissionais dessa categoria.

Por isso, confira algumas das responsabilidades dos técnicos de manutenção predial:

Quadros elétricos

A manutenção elétrica predial é responsável por vistoriar e reparar todos os quadros elétricos do prédio.

Isso inclui componentes como fios, disjuntores, chaves de segurança e outros sistemas relacionados de maneira individual ou coletiva.

Ar condicionado

Muitos não sabem, mas a manutenção elétrica predial também se responsabiliza pelos consertos de equipamentos como ar condicionado.

Especialmente em prédios, onde esses aparelhos são mais comuns, é fundamental realizar um monitoramento adequado, para evitar que eles falhem ou sobrecarreguem todo o sistema.

SPDA

O SPDA, ou Sistema de Proteção contra Descargas Atmosféricas, são essenciais para a proteção e segurança em prédios. 

Assim, é a manutenção elétrica predial que garante a instalação e revisão desses equipamentos, como o famoso pára-raio.

Sistemas de segurança

Enquanto isso, esse tipo de manutenção também é responsável por todo o sistema de segurança de um prédio, como:

  • Câmeras;
  • Portões eletrônicos;
  • Identificação de tags ou chaves;
  • Interfones e sistemas de ligação;
  • Alarmes.

Em resumo, essa categoria de manutenção abrange todos os sistemas e instalações da propriedade, de modo que a presença de profissionais habilitados é indispensável.

Dicas para realizá-la de forma eficiente

Por fim, se você for responsável pelo prédio, como um síndico, proprietário ou administrador, é importante saber como realizar uma manutenção elétrica predial eficiente.

Dessa forma, você não apenas estará zelando pela segurança do imóvel e das pessoas, como também poderá otimizar o trabalho e os gastos. 

Leia também  SLA de atendimento: por que minha empresa precisa?

Por isso, confira algumas dicas:

Contrate uma equipe qualificada

Como você pôde perceber, a manutenção elétrica predial é responsável por diversas áreas de funcionamento do prédio, de modo que apenas um profissional pode não dar conta.

É claro, um único técnico pode ser suficiente para correções pontuais, mas ter uma equipe qualificada irá tornar o processo mais eficiente e completo.

Invista na manutenção preventiva

A melhor dica é não esperar pelos problemas técnicos para contratar profissionais. Isso poderá levar a outras falhas mais graves, além da urgência da manutenção e, possivelmente, gastos elevados.

Por outro lado, investir na manutenção preventiva evita falhas complexas, sem colocar a segurança do prédio em risco. 

Com isso, você e sua equipe poderão localizar possíveis defeitos antes que surjam, e repará-los com máxima eficácia.

Equilibre a manutenção individual e coletiva

Como síndico ou responsável pelo prédio, você precisará lidar com manutenções individuais e coletivas, a respeito do prédio e do uso de cada inquilino, por exemplo.

Nesse caso, uma manutenção eficiente deve equilibrar as duas áreas, de modo que a segurança e funcionalidade de todo o prédio não seja comprometida.

Assim, lembre-se de realizar vistorias constantes nas áreas comuns, mas também alertar as demais pessoas a ficarem atentas para manutenções preventivas em seus próprios sistemas.

Dessa forma, será possível ter uma abrangência mais completa, e um serviço mais eficaz.

Quando me preocupar com a manutenção elétrica predial?

Por se tratar de uma categoria de serviço mais específica, muitas pessoas não dão a devida atenção à manutenção elétrica predial.

No entanto, ela é de responsabilidade de todos. Não apenas do síndico, do administrador ou do dono do imóvel, mas também das pessoas que moram próximas, por exemplo, ou utilizam esse sistema.

Assim, é fundamental conhecer melhor essa prática, e saber como colocá-la em prática de forma eficiente, de forma preventiva, e não somente corretiva.

Essas pequenas práticas poderão garantir a segurança de todos, manter todos os componentes em bom estado e evitar problemas elétricos no futuro.

0 Shares:

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.